POESIA E PROSA

NO PRINCÍPIO ERA O VERBO

12/10/2009

O que fazer
quando te quero tanto
e não posso, no entanto,
transformar em pele, carne, linfa
a tua ausência
que me faz te amar
no verbo de todas as línguas
 

Célia Musilli

COMENTÁRIOS:(0)