POESIA E PROSA

SAPIÊNCIA

16/9/2009

 
 
 
"O velho pai do meu pai
De velho ficou demente
Na cara só tinha prega
Na boca não tinha dente
Mais ainda se alegrava
Quando a velha lhe mostrava
A forma de fazer gente..."

[autoria desconhecida]


 
 
 
 
 
 
 
 
 
Essa cultura de autoria desconhecida é sempre um tiro certo. Sabedoria em estado puro... e líquido. 

COMENTÁRIOS:(2)

  • 17/9/2009 23:37:07
    Nome:LOREDANA
    Site / Blog:www,psicorama.com.br
    Comentário:E o que seria da humanidade sem a tal curiosidade, hein?

  • 28/1/2010 22:37:33
    Nome:LEILYANE
    Comentário:Adorei!