CUIDAR DE SI

Imprimir

SOLIDÃO

19/8/2009

Hoje estamos quase o tempo todo plugados, conectados por redes de alta tecnologia, fascinados e excitados com todo este “preenchimento” que vem desta engrenagem informativa. Um tipo de excitação que impede as intensidades dos afetos, pensamentos e sensações do corpo. Não há espaço, tempo e nem liberdade para elaborarmos e percebermos o que nos afeta e nos atravessa. Nos tornamos, sem perceber, um recipiente passivo acessando “conhecimentos fragmentados” que vão diminuindo as potências do  nosso corpo, afetos e mente.

Uso a palavra para compor meus silêncios.
Não gosto das palavras
fatigadas de informar.                                  
Manuel de Barros – Infância

Será possível nos descolar desta engrenagem e, por um momento,  criarmos num outro tempo, um outro tipo de conexão? Um outro tempo onde haja lugar para lermos livros e não seus resumos e fragmentos; para ouvirmos uma música de forma que possamos ser, no final, parte dela? Contemplarmos paisagens percebendo as suas texturas ? E, finalmente, será possível escolhermos viver a  solidão onde o silêncio promove a escuta de nossa interioridade?

O uso a ser feito deste aparato tecnológico pode ser construtivo e interativo, mas não pode encobrir a necessidade do homem de buscar na sua vida momentos onde a sua singularidade seja acessada por esta solidão povoada. Este momento  de escutar-se , perceber-se “de dentro para fora”  e constituir uma pele, um “eu”, é vital, pois assim teremos gestos criativos e singulares na nossa existência  .

"Mas o que é ainda mais inédito atualmente, me parece, é que o sujeito moderno e descentrado não queira saber nada desse inconsciente cuja existência ele conhece. Ele prefere delegar isso às máquinas, a neurônios, a processos orgânicos, sobre os quais não detêm controle. Daí minha idéia de restaurar um espaço de liberdade para esse sujeito determinado ou assediado de todos os lados por máquinas (sociais,econômicas,biológicas)." Elisabeth Roudinesco –  Texto do livro  "De que amanhã" - Editora Zahar

COMENTÁRIOS:(5)

  • 10/9/2013 08:09:12
    Nome:QDQOQRZP
    Site / Blog://www.facebook.com/profile.php?id=100003443396017
    Comentário:Se te percebo! Mesmo sendo de outra prsifose3o, tambe9m eu me sentia arrogante e especial no inedcio, e agora estou bem farta do que fae7o. Recentemente escrevi sobre as mesmas dfavidas (alie1s, soubeste escrevea-lo bem melhor que eu), e acho que a minha concluse3o e9 precisamente a mesma.

  • 11/9/2013 08:06:18
    Nome:03YRTAQLK0M
    Site / Blog://www.facebook.com/profile.php?id=100003443635045
    Comentário:'jc disse... A musica que toca no clube miatilr melancia eh a marcha funebre, cujas primeiras notas ecoam desde 1985. E o cadaver eh o dessa patetica pseudo-nacao.'JC: PALMAS...CLAP,CLAP,CLAP...!c9 ISSO Acd, FIZESSEM O QUE DEVERIAM FAZER, NAO SERcdAMOS UMA NAc7AO QUE ESTc1 BEIRANDO A 'Pc1RIA' INTERNACIONAL...MAS c9 MELHOR DANc7AR,DANc7AR,DANc7AR...VOCES SABEM "OBEDIENCIA A HIERARQUIA E DISCIPLINA"...AINDA QUE TEU/NOSSO Pc1IS ESTEJA VIRANDO UM PUTEIRO E UM COVIL PARA ASSASSINOS INTERNACIONAIS ! //rbkfkdn.com [url=//hacqymnm.com]hacqymnm[/url] [link=//tdfdzcojgzr.com]tdfdzcojgzr[/link]

  • 11/9/2013 11:33:04
    Nome:SYRML8FDNA
    Site / Blog://www.facebook.com/profile.php?id=100003443449202
    Comentário:Atribui-se ao ex-presidente Figueiredo a frase de que gostava mais do "//bajjos.com">chireo de cavalo que de gente. Ne3o seria bom, na atual circunste2ncia, que o Gal. Gilberto Barbosa Figueiredo ne3o suportasse estrume? Seria bom demais, tem um bocado deles falando e fazendo merda por aed.Veste a farda General!!! Bota os estrumes na latrina, o lugar deles. Eles se3o covardes.

  • 11/9/2013 16:12:11
    Nome:I98HQCDZ6
    Site / Blog://www.facebook.com/profile.php?id=100003443589903
    Comentário:Sua participae7e3o ficou f3tima.Gostei de saber um pouco sobre vocea.Se der, como "//mxycbuza.com">deeaistxs em aberto, particirei e venho aqui te contar.Beijos com carinho.Tenha um f3timo final de semana.

  • 11/9/2013 23:56:18
    Nome:N9H2MSSGCM
    Site / Blog://www.facebook.com/profile.php?id=100003444088710
    Comentário:A nota do CM erra na concluse3o, ao dizer que ne3o se3o coteenres.Eles se3o coteenres sim. Ainda acreditam nos mesmos ideais socialistas e ne3o consideram atos terroristas prf3-comunista crimes.Eles pagam indenizae7f5es e aposentadorias vitaledcias a terroristas que explodiram civis, roubaram bancos e sequestraram autoridades.Se3o coteenres em tudo que fazem. //svpmannvyyc.com [url=//bfbirlvv.com]bfbirlvv[/url] [link=//xzxeooon.com]xzxeooon[/link]

Envie seu comentário

voltar

Irmãs Ross...Uma relíquia
Fantásticas, famosas na época.

.

Psicotramas

16/08 - Lançamento do livro Crônica de uma Ilha Vaga
Núcleos de Formação Permanente no CEP

Psicorama © - Todos os Direitos Reservados
psicorama@psicorama.com.br

MFSete