CASOS E CAUSOS

FOLCLORES E BASTIDORES PSI

TEMPESTADES METAFÍSICAS

Guerra de Titãs

A psicanálise, pelo menos aquela com uma mirada mais nitidamente kantiana, nunca viu com bons olhos a religiosidade e o esoterismo junguianos. Estes conflitos são antigos, passaram por brigas intestinas, provocaram intrigas por disputas e influências e culminaram com rupturas institucionais e mesmo pessoais. A discordância final girou em torno da teoria da libido onde Jung incitava Freud a dessexualizar o pensamento psicanalítico. A ruptura se deu em 1914 e, além das questões conceituais, não deixaram de lado episódios folclóricos.

Diz a lenda que fenômenos de ordem sobrenatural espocaram em pelo menos uma circunstância do embate metafísico entre Freud e o criador da psicologia analítica: uma cristaleira trincara ao ser atingida por um cataclismo magnético provocado por uma discussão entre os dois. Ainda bem que estavam só discutindo, pois, de outros modos, o magnetismo poderia ser mais destruidor.

COMENTÁRIOS:(2)

  • 9/10/2009 22:53:42
    Nome: LOREDANA
    Site / Blog:www,psicorama.com.br
    Comentário: "Vocês psicanalistas só enxergam pela lente sexual. Prá vocês nada transcende". Ô minha linda, quem foi que disse tal tolice? Não estamos "transcendendo" neste exato momento? E já pensou se a chama pega e arde? Só de brincadeira.

  • 29/11/2009 17:29:43
    Nome: CEZAR AUGUSTO
    Comentário: muito bom, muito bom mesmo! Freud VS Jung poderia criar um big bang metafisico...